21 outubro 2012

ANTÔNIO FERNANDES FIGUEIRA



ANTÔNIO FERNANDES FIGUEIRA (1863-1928)

[ELVIO ARMANDO TUOTO: Autor deste artigo]
[NÃO AUTORIZO CÓPIA]
Copyright © Elvio Armando Tuoto, 2012


Médico nascido na cidade do Rio de Janeiro, um dos grandes pioneiros da pediatria brasileira.

Graduou-se pela Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro em 1887.

Ainda estudante de medicina, Fernandes Figueira frequentou os cursos livres de pediatria ministrados por Carlos Arthur Moncorvo de Figueiredo (1846-1901) na Policlínica Geral do Rio de Janeiro e foi estagiário de Candido Barata Ribeiro (1843-1910), professor titular da clínica de pediatria na Faculdade de Medicina do Rio de Janeiro.

Conquistou fama nacional e consagração internacional ao escrever seu célebre tratado Elementos de Semiologia Infantil, publicado em 1903 e prontamente adotado como livro-texto no ensino médico brasileiro. Esta obra, de 632 páginas, foi dedicada ao pediatra Olympio Olinto de Oliveira (1866-1956), sendo traduzida para o francês, com prefácio do pediatra Victor Henri Hutiel (1849-1933), diretor do Hôpital des Enfants-Malades de Paris, e também para o idioma italiano. Elementos de Semiologia Infantil foi considerado, durante muito tempo, por pediatras de toda a Europa, como o melhor no seu gênero.

Outra obra sua, Diagnóstico das Cardiopatias Infantis, recebeu, em 1895, o prêmio Visconde de Alvarenga concedido pela Academia Nacional de Medicina.

Merecem destaque também as suas obras: Vocabulário Médico Francês-Português, publicado pela Casa Briguiet, de Paris (França), em 1925; e o livro com a biografia do médico João Vicente Torres Homem (1837-1887). Também foi poeta e romancista bastante respeitado em sua época.

Fernandes Figueira publicou cerca de 71 artigos científicos, sendo que apenas no periódico Brasil Médico, vinculado à Policlínica Geral do Rio de Janeiro, constam pelo menos 30 artigos de sua autoria, entre 1888 e 1910.

Chefiou o Serviço de Pediatria da Santa Casa da Misericórdia e fundou o primeiro hospital de Pediatria da cidade do Rio de Janeiro (Policlínica das Crianças).

Fernandes Figueira foi um dos fundadores da Sociedade Brasileira de Pediatria, da qual foi Presidente Perpétuo. É o patrono da cadeira nº 3 da Academia Brasileira de Pediatria.

De 1900 a 1910, chefiou a enfermaria de crianças do Hospital São Sebastião (Rio de Janeiro), onde foi o pioneiro no Brasil no sistema de internação conjunta mãe-filho.

Foi o responsável pelo Pavilhão Bourneville, enfermaria que cuidava do tratamento e educação de crianças com deficiência mental, no Hospício Nacional dos Alienados (Rio de Janeiro).

Em 1909, Fernandes Figueira assumiu a direção do Hospital de Crianças da Santa Casa de Misericórdia do Rio de Janeiro, o primeiro do gênero no Brasil.

Tornou-se membro titular da Academia Nacional de Medicina em 1903, assumindo a sua presidência de 1907 a 1908. É o patrono da cadeira nº 31 da referida Academia./eat


COMO CITAR ESTE ARTIGO -- HOW TO CITE THIS ARTICLE:
Tuoto, E. A. "Antonio Fernandes Figueira [Biografia]." In: Biografias Médicas by Dr Elvio A Tuoto (Internet). Brasil, 2012. Consulta em [dia, mês, ano]. Disponível em:
http://medbiography.blogspot.com.br/2012/10/antonio-fernandes-figueira.html

[Avise-me quando este artigo for citado -- Alert me when this article is cited]  


REFERÊNCIAS:
1- Sanglard G,  Ferreira LO (2010): Médicos e filantropos: a institucionalização do ensino da pediatria e da assistência à infância no Rio de Janeiro da Primeira República. Varia hist. [Belo Horizonte] 26 (44).  [Online Full-Text
2- Antonio Fernandes Figueira. In: Academia Nacional de Medicina [Internet]. Brasil. [Consult. 21 out. 2012]. Disponível em: 
http://www.anm.org.br/membros_detalhes.asp?id=183 /eat


Copyright © Elvio Armando Tuoto, 2012

[PARA ADQUIRIR DIREITOS DE REPRODUÇÃO DESTE ARTIGO, ENVIE E-MAIL]

[ELVIO ARMANDO TUOTO: Autor do conteúdo escrito deste artigo, inclusive criação, pesquisa, tradução e edição]
[NÃO AUTORIZO CÓPIA (TOTAL OU PARCIAL) DESTE ARTIGO]
[RECOMENDO CRIAR UM LINK PARA ESTE ARTIGO]
[POSTAGEM MONITORADA CONTRA CÓPIA PELO COPYSCAPE®] -j
.

Nenhum comentário: